Terapia Ocupacional

Pessoas com Síndrome de Rett apresentam grandes dificuldades no seu desempenho funcional. A Terapia Ocupacional pode ajudá-las a estimular o uso mais funcional do corpo e, principalmente, das mãos.


O grande valor da Terapia Ocupacional está no desenvolvimento de adaptações necessárias ao ambiente, aos materiais e mesmo às atividades a serem realizadas, de modo que a paciente otimize ao máximo o uso de suas mãos e, com isso, consiga maior sucesso nas atividades de vida diária.

As adaptações de materiais desenvolvidas pelo Terapeuta Ocupacional são especialmente mais importantes no que se refere à alimentação (colheres, copos, pratos adaptados para estimular que a paciente, conforme suas possibilidades, possa aprender ou reaprender a se alimentar sozinha).

Adaptações de brinquedos e de equipamentos eletrônicos (como os computadores e os tablets) também podem fazer muita diferença para o melhor desempenho das pessoas com Síndrome de Rett. Algumas delas, conforme o seu estado geral de saúde, conseguem, inclusive, a partir dessas adaptações, exercer algum controle sobre o ambiente (como acender ou apagar uma lâmpada, ligar ou desligar um aparelho).

Cabe também ao Terapeuta Ocupacional desenvolver mudanças e adaptações no ambiente doméstico que podem facilitar consideravelmente a vida cotidiana da família e dos cuidadores.

A aplicação de Comunicação Alternativa e Aumentativa pode ser realizada também pelo Terapeuta Ocupacional que se especialize nessa área.

Em alguns casos, pode ser necessário o uso da Integração Sensorial, sendo planejadas intervenções para amenizar comportamentos que dificultam a ação da criança para respostas ambientais, como as estereotipias manuais, a apraxia da marcha, entre outras.

Saiba mais https://www.youtube.com/watch?v=T0sgGeIBU1Y

Gostou deste conteúdo e deseja e compartilhar?  Clique na Rede Social para compartilhar:

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp