Outras Intervenções

Há uma série de intervenções terapêuticas que podem ajudar muito o desenvolvimento e a qualidade de vida das pessoas com Síndrome de Rett.

Merece destaque a Hidroterapia que, além de trazer benefícios importantes para a paciente, é extremamente prazerosa e lúdica para as pessoas que gostam da água. Evidentemente, para o paciente que não gosta de água, essa intervenção será um verdadeiro suplício.

Para casos selecionados (ou seja, cujo comprometimento motor permite), a Equoterapia (ou Hipoterapia) tem se mostrado igualmente útil para os aspectos motores e para o prazer da pessoa com Síndrome de Rett. Novamente, o paciente tem que gostar do cavalo, e mostrar isso de forma bastante evidente, pois, caso contrário, trará mais sofrimento do que benefícios para a paciente.

Deve-se identificar na pessoa com a Síndrome de Rett as atividades que de fato sejam motivadoras para ela e, muitas vezes, mais do que intervenções terapêuticas auxiliares, procurar por atividades de arte e lazer, como, por exemplo, a dança ou passeios dirigidos em grupos. Essas atividades, quando bem selecionadas, ajudarão no desenvolvimento de habilidades cognitivas e de atividades funcionais muito mais do que qualquer intervenção terapêutica auxiliar que não as motive e que as deixe fatigadas. Além disso, elas se sentirão muito mais felizes, o que, ao final, é sinônimo de qualidade de vida!

IMPORTANTE: Não é a quantidade de terapias, mas sim a qualidade das intervenções e a participação dos diferentes profissionais no desenvolvimento de um programa terapêutico individualizado que fará com que a pessoa com Síndrome de Rett possa de fato atingir a melhor qualidade de vida possível. Cada pessoa com Síndrome de Rett, nas diferentes fases de sua vida, é um ser único e com necessidades individuais bastante específicas ao momento de vida por que estejam passando. Por mais que se queira o melhor desenvolvimento possível e a melhor qualidade de vida para essas pessoas, NUNCA se deve fatigá-las com excesso de terapias que, ao final, podem resultar em nenhum ganho, se estiverem sendo desenvolvidas sem levar em consideração a disposição, a motivação e a felicidade da pessoa com Rett.

Gostou deste conteúdo e deseja e compartilhar?  Clique na Rede Social para compartilhar:

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp